junho 2016

/problema

A banda Supercombo tinha um personagem-conceito para o seu quarto álbum chamado "Rogério". A idéia era que todo mundo tem um Rogério dentro de si: um lado meio escroto.

O problema era como traduzir essa ideia para o material gráfico e para a comunicação relacionada a esse álbum.

/diagnóstico

Então era preciso dar "uma cara" a esse personagem e uma maneira de representar graficamente e mostrar esse lado ruim de dentro das pessoas para tangibilizar o conceito do disco.

Além disso, identificamos a oportunidade de atualizar a identidade visual para sinalizar esse novo ciclo e trazer novo material de merch como uma forma de renda extra para a banda.

/pesquisa

Para dar essa "visão de raio X" e possibilitar uma forma de ver "algo oculto" dentro do material gráfico, pesquisamos sobre filtros de cores e o comportamento deles sobre cores complementares em fotografias e grafismos em impressão e tela.

/design

Dessa forma fizemos toda a identidade visual do álbum em torno de fotos dos integrantes "normais" em vermelho sobrepostas por outras fotos "rogerizadas" em azul. Criamos o mecanismo do "Olho de Rogério" (que vinha encartado no material gráfico do CD) com um filtro de cor vermelho e, quando apontado para as fotos sobrepostas, revelava o lado "rogerizado" das imagens. No digital, usamos gifs aplicando o filtro vermelho em cima das imagens sobrepostas.

01_Supercombo-Rogério-Capa-Filtro.gif